MENU

Poema

A dor - Augusto dos Anjos

Chama-se a Dor, e quando passa, enluta 
E todo mundo que por ela passa 
Há de beber a taça da cicuta 
E há de beber até o fim da taça! 


A dor - Augusto dos Anjos - Poema

Chama-se a Dor, e quando passa, enluta 
E todo mundo que por ela passa 
Há de beber a taça da cicuta 
E há de beber até o fim da taça! 

Há de beber, enxuto o olhar, enxuta 
A face, e o travo há de sentir, e a ameaça 
Amarga dessa desgraçada fruta 
Que é a fruta amargosa da Desgraça! 

E quando o mundo todo paralisa 
E quando a multidão toda agoniza, 
Ela, inda altiva, ela, inda o olhar sereno 

De agonizante multidão rodeada, 
Derrama em cada boca envenenada 
Mais uma gota do fatal veneno! 



More by SANDERLEY

TRENDS - SONG LYRICS
Radar by Sanderlei
Everything in the musical world / Tudo que rola no mundo musical / ทุกอย่างในโลกดนตรี / Все в музыкальном мире / 音楽界のすべて.

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira