MENU

Poema

Lésbia - Cruz e Sousa

Cróton selvagem, tinhorão lascivo,
Planta mortal, carnivora, sangrenta,
Da tua carne bacchica rebenta
A vermelha explosão de um sangue vivo.


Lésbia - Cruz e Sousa - Poema

Cróton selvagem, tinhorão lascivo,
Planta mortal, carnivora, sangrenta,
Da tua carne bacchica rebenta
A vermelha explosão de um sangue vivo.

Nesse labio mordente e convulsivo,
Ri, ri risadas de expressão violenta
O Amor, tragico e triste, e passa, lenta,
A morte, o espasmo gélido, aflictivo...

Lésbia nervosa, fascinante e doente,
Cruel e demoniaca serpente
Das flammejantes attracções do goso.

Dos teus seios acídulos, amargos,
Flúem capros arômas e os lethargos,
Os ópios de um luar tuberculoso...



More by SANDERLEY

TRENDS - SONG LYRICS
Radar by Sanderlei
Everything in the musical world / Tudo que rola no mundo musical / ทุกอย่างในโลกดนตรี / Все в музыкальном мире / 音楽界のすべて.

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira